logo
©2017 Santafé Digital
Santafé Ideias | Hidrelétrica de Jirau é a usina com maior disponibilidade de geração do país
1081
post-template-default,single,single-post,postid-1081,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-1.1.6,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Hidrelétrica de Jirau é a usina com maior disponibilidade de geração do país

Hidrelétrica de Jirau é a usina com maior disponibilidade de geração do país

A usina hidrelétrica de Jirau (RO – 3.750 MW) alcançou, no último mês de outubro, 100% de disponibilidade de geração em atendimento às demandas do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Com isso, o empreendimento permanece como o primeiro do país no ranking do ONS que compila dados de disponibilidade de hidrelétricas e termelétricas, com média de 99,21% de atendimento no ano.

De acordo com a Energia Sustentável do Brasil, operadora da usina, a alta disponibilidade é fruto de investimentos da empresa na melhoria de processos, como a implantação de um novo sistema de vedação completa para o eixo de 22 das 50 unidades geradoras. O mecanismo é composto de skid de filtragem e caixa de vedação, que fazem a filtragem da água bruta e a selagem mecânica das turbinas.

Para garantir a eficiência da melhoria, foram realizados testes que contaram com o acompanhamento inloco de especialistas das fornecedoras dos equipamentos que compõem o novo sistema. Segundo Isac Teixeira, diretor de Operação da ESBR, o sistema anterior requisitava frequentes intervenções corretivas, o que gerava custo e dedicação da equipe de manutenção mecânica.

“Entre as vantagens do novo sistema está o menor peso. A vedação anterior era de aço e pesava cerca de 1 tonelada. A nova é fabricada em material mais leve, sendo que a peça mais pesada tem 70 kg. Isso facilita o manuseio, incrementa a segurança e agiliza a manutenção. Esta e outras melhorias contribuem para que Jirau continue sendo a hidrelétrica com maior disponibilidade do país”, ressaltou.

Fonte: Agência CanalEnergia